Geral
10.12.2012

São Paulo realiza mutirão para orientar mil alunos sobre alimentação saudável

Ação marca lançamento do programa 'Meu Pratinho Saudável nas Escolas'; crianças serão avaliadas por nutricionistas

Foto: Divulgação/Tutu Galvão Bueno
Ação do programa
Ação do programa "Meu Pratinho Saudável nas Escolas", realizado no Dia das Crianças no Parque do Ibirapuera, São Paulo.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, lança, nesta terça-feira (11), o programa " Meu Pratinho Saudável nas Escolas" , voltado aos alunos da rede estadual de ensino.

Durante todo o dia, das 7h às 17h30, nutricionistas do programa idealizado pelo Instituto do Coração e Hospital das Clínicas da FMUSP farão avaliação nutricional de cerca de mil alunos da Escola Estadual Província de Nagasaki, na zona norte de São Paulo além de promover atividades para as crianças e capacitar os profissionais, como merendeiras e professores.

O objetivo da ação é de educar sobre alimentação na idade escolar, para que as crianças cresçam com hábitos alimentares corretos, refletindo em uma vida adulta mais saudável.

Entre as atividades na escola onde o programa será lançado, haverá o jogo do Meu Pratinho Saudável no tablet, pelo qual, de maneira lúdica, a criança deve montar uma refeição, escolhendo seus alimentos preferidos, e recebe uma nota conforme a porcentagem de nutrientes que atingiu.

Também haverá dinâmicas em grupos, nas quais os alunos devem montar os pratos com alimentos em resina e as nutricionistas explicam as propriedades de cada alimento e o que as crianças poderiam colocar a mais ou a menos para melhor a qualidade das refeições.

Na cozinha, nutricionistas do programa vão orientar as merendeiras sobre a melhor maneira para montar o prato, de acordo com o recomendado pelo Meu Pratinho Saudável.

O almoço será servido em duas etapas, com uma turma às 11h30 e outra às 12h30. No cardápio, serão servidos arroz, feijão, frango desfiado com vagem e cenoura e couve crua temperada. Para a sobremesa ainda será servida uma fruta.

As nutricionistas também irão criar pratos divertidos, com montagens diferentes, para incentivar as crianças a consumirem alimentos saudáveis.

Cada criança levará para casa a cartilha do Meu Pratinho Saudável, além do papel bandeja e um quebra-cabeça. Os professores, funcionários e merendeiras também receberão as cartilhas dos programas Meu Prato Saudável e Meu Pratinho Saudável.

" Nosso principal objetivo é fazer com que a alimentação adequada tenha início desde cedo, fazendo com que o hábito saudável se estabeleça pelo resto da vida. Além disso, as crianças poderão ser multiplicadoras desses ensinamentos e podem repassar o que aprendem aos pais e amigos" , afirma Elisabete Almeida, diretora-executiva do programa.

Meu Pratinho Saudável

O programa Meu Pratinho Saudável é voltado para crianças de seis meses a 10 anos e tem como objetivo a readequação da alimentação, fazendo com que as crianças comam bem e de maneira saudável.

Um dos principais conceitos do programa prevê que nas refeições principais, a metade do prato da criança seja preenchido com verduras e legumes (crus e cozidos).

Para a outra metade, preencha o prato com 1/4 de alimento rico em proteínas como carne vermelha, frango, peixe, ovos, que deve ser complementada com leguminosas, como o feijão, grão de bico, soja, lentilha. O outro 1/4 do prato deve contar com alimentos ricos em carboidratos, de preferência em sua forma integral como arroz, massas, batatas, mandioca, mandioquinha, farinhas.

O café da manhã e os lanches devem conter pelo menos um alimento rico em proteínas, como por exemplo, iogurtes, queijos magros, leite desnatado, leite de soja sem açúcar, queijos processados reduzidos em gorduras, leite fermentado, ovo, peito de peru; um alimento rico em carboidratos, de preferência que seja fonte de fibras, como torradas, pães, biscoitos de fibras, cookies integrais, barras de cereal, cereal integral; e um alimento de origem vegetal, podendo ser frutas, verduras ou legumes.

Fonte: Isaude.net