Geral
27.10.2012

Iniciativa pioneira no AM envia SMS para lembrar consulta de paciente do SUS

Atualmente, cerca de 200 mil pessoas faltam ao atendimento marcado no estado. SMS será enviado até 48 horas antes da consulta

Foto: Roberto Carlos/SUSAM
Lançamento do sistema de alerta por mensagens de celular, que vai ajudar o paciente a lembrar a data e o horário do atendimento até 48 horas antes do dia da consulta.
Lançamento do sistema de alerta por mensagens de celular, que vai ajudar o paciente a lembrar a data e o horário do atendimento até 48 horas antes do dia da consulta.

Pacientes com consultas agendadas nas unidades estaduais de saúde do Amazonas vão receber mensagens no celular lembrando a data e o horário do atendimento até 48 horas antes do dia da consulta. A novidade é pioneira no Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil e foi lançada pelo governo do estado, nesta semana, com a meta de reduzir o tempo de atendimento a população. O serviço está disponível para os usuários do sistema em Manaus. O serviço será ampliado para o interior a partir do ano que vem.

Todos os meses são agendadas mais de 600 mil consultas para atendimento médico especializado e realização de exames nas unidades de atendimento especializado mantidas pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam). Segundo dados do Sistema de Regulação (Sisreg), banco de informações cadastrais do serviço estadual de saúde, em média, cerca de 200 mil pessoas faltam ao atendimento marcado, o equivalente a 40% das vagas disponibilizadas na rede.

A principal alegação é o esquecimento da data. O problema acaba contribuindo para aumentar o tempo de espera por vagas na rede.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, com o SMS enviado para o celular do paciente a expectativa é reduzir o tempo de espera para atendimento de uma maneira geral. Mais de 70% dos pacientes que buscam consultas e exames na rede possuem telefone celular cadastrado para contato.

" Vamos otimizar o atendimento utilizando a tecnologia. Identificamos que grande parte dos usuários possuem celular cadastrado no Sisreg e desenvolvemos esse sistema para facilitar a vida deles e também no sentido de melhorar o atendimento de uma maneira geral. Muitas vagas disponibilizadas na rede são preenchidas e não utilizadas. Isso gera uma nova demanda, pois o paciente vai retornar para marcar nova consulta" , frisou Alecrim.

A pedagoga Hildamar Silva participou do teste do novo sistema e recebeu um SMS em seu celular avisando sobre a consulta. Para ela, o novo serviço está aprovado. " Eu acredito que é um avanço na saúde. Hoje a vida da gente é muito corrida e com certeza isso vai auxiliar para a gente não perder as consultas" .

O sistema de envio de mensagens funcionará acoplado ao Sisreg, implantado em 2009 para informatizar e regular o processo de marcação de exames e consultas especializadas no Amazonas. Para implantar o sistema de envio de mensagens telefônicas, serão investidos R$ 34,5 mil por ano.

Fonte: Isaude.net