Geral
20.10.2012

França treina profissionais da saúde de Minas para Copa das Confederações

Primeira etapa do curso de preparação dos SAMUS envolvem múltiplas vítimas em grandes eventos, como a Copa do Mundo

Foto: Jerusia Arruda/Saúde MG
A partir de 22 de outubro, primeira etapa do curso vai treinar 150 profissionais de saúde do SAMU de MG.
A partir de 22 de outubro, primeira etapa do curso vai treinar 150 profissionais de saúde do SAMU de MG.

Como preparação para a Copa das Confederações, a Associação dos Hospitais de Paris e o SAMU de France promovem, entre os dias 22 e 27 de outubro, em Belo Horizonte (MG), a primeira etapa do curso de preparação dos SAMUS (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), para situações que envolvem múltiplas vítimas em grandes eventos, como a Copa do Mundo.

Os franceses vivenciaram a Copa de 98 além de outros megaeventos e hoje são considerados uma referência mundial no pronto atendimento no caso de acidentes com múltiplas vítimas. Todo o curso será feito com tradução simultânea. Ao todo, a comitiva francesa ministrará 14 disciplinas de catástrofe.

A primeira capacitação vai beneficiar mais de 150 profissionais da saúde, dentre enfermeiros e médicos. " Do corpo clínico capacitado, 50 profissionais atuarão como multiplicadores de conhecimento. Nossa prioridade como política pública sempre será a prevenção, mas em casos de acidentes, temos que prestar atendimento rápido, eficiente e humanizado" , explica o secretário de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques.

O curso será dividido em dois módulos, composto por cinco turmas de 30 alunos. Para as três primeiras turmas o módulo 1 será entre os dias 22 e 27 de outubro. No mês de dezembro, entre os dias 10 e 13, serão capacitadas os outros dois grupos.

Já a segunda parte, ou o módulo dois, ocorrerá no primeiro semestre de 2013. Após a capacitação, os profissionais passarão ainda por um teste previsto para o mês de abril, no qual será realizada a simulação de um grave acidente no Aeroporto de Confins e no Mineirão.

Próximas ações

Está é a primeira atividade da cooperação técnica, entre as duas delegações. Para as próximas ações estão previstos estruturação das capacidades de resposta dos SAMUs, dos Hospitais da Região Metropolitana de Belo Horizonte e, posteriormente de todo o estado, em situações de crise sanitária e desastres/catástrofes na área de saúde.

Na terceira etapa da atividade estão previstas ações como o auxílio no desenvolvimento de uma legislação mineira específica para a resposta a situações de crise sanitária e desastres/catástrofes na área de saúde. Na quarta atividade está o detalhamento de estruturas, equipamentos, materiais e logística de atendimento para a resposta a situações de crise sanitária e desastres/catástrofes na área de saúde, em especial para os jogos de 2013 e 2014.

Fonte: Isaude.net