Saúde Pública
19.10.2012

Minas vai usar caminhão da saúde para diagnosticar o câncer de mama

Unidade Móvel de Saúde vai percorrer o estado com o objetivo de realizar mamografias e agilizar o diagnóstico da doença

Foto: SES-MG/Divulgação
Unidade Móvel de Saúde é equipada com aparelhos modernos capazes de realizar o diagnóstico
Unidade Móvel de Saúde é equipada com aparelhos modernos capazes de realizar o diagnóstico

O estado de Minas Gerais vai contar com uma Unidade Móvel de Saúde, um caminhão totalmente equipado e preparado, para realizar as mamografias e ajudar a detectar o câncer de mama. A expectativa é que o serviço possa garantir maior agilidade e comodidade às mulheres para realização do exame. Outros sete veículos estão sendo preparados para o mesmo fim.

" O câncer de mama atualmente é a segunda causa de morte na população mineira e corresponde a 14,1% de todas as mortes em Minas Gerais. O Programa de Combate ao Câncer de Mama de Minas Gerais tem como meta atender a 50% da população feminina, na faixa etária de 45 a 69 anos" , explica o secretário de Saúde, Antônio Jorge.

Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, de abril a agosto de 2011 foram realizadas 218.934 mamografias. Em 2012, no mesmo período, foram 249.343 exames, um aumento de 30.409.

Pedido de exame pelo Facebook

O secretário também esclareceu que não é necessário que a mulher passe por consulta médica para requerer o exame. Ela pode ir a uma unidade de saúde mais próxima e solicitar a guia para realização do exame, ou então obter o documento pela internet. Basta acessar à página do facebook da Secretaria de Estado de Saúde, preencher os dados e imprimir o formulário. Com o documento em mãos, a mulher deve se dirigir a uma unidade de saúde para agendar a realização da mamografia.

Outubro Rosa

Enquanto as autoridades e personalidades discursavam, artistas plásticos grafitavam telas que serão expostas na Cidade Administrativa de Minas Gerais. As telas são alusivas ao Outubro Rosa, que tem o objetivo de incentivar as mulheres mineiras da faixa etária de 45 a 69 anos a realizarem a mamografia a cada dois anos.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o tipo da doença que mais mata no Brasil. A cada hora, seis brasileiras recebem a notícia de que têm a doença. A única forma de aumentar as chances de cura do câncer de mama é com o diagnóstico precoce.

Fonte: Isaude.net