Geral
11.10.2012

Rio quer realizar 500 cirurgias de redução de estômago até o fim deste ano

Mais de 400 cirurgias bariátricas já foram realizadas no estado; MS quer reduzir idade mínima para procedimento

Foto: SECOM/RJ
Programa de Cirurgia Bariátrica já superou a marca de 400 pacientes operados no Hospital Estadual Carlos Chagas.
Programa de Cirurgia Bariátrica já superou a marca de 400 pacientes operados no Hospital Estadual Carlos Chagas.

O Programa de Cirurgia Bariátrica do Rio de Janeiro já superou a marca de 400 pacientes operados no Hospital Estadual Carlos Chagas. Implantado em dezembro de 2010, o serviço registrou crescimento entre 2010 e 2011 de mais de 2.400%, atendendo pacientes do SUS, moradores de 30 municípios do estado.

"Esperamos fechar 2012 com mais de 500 cirurgias. Chegamos a mais de 300 pacientes operados sem nenhuma intercorrência", disse Cid Pitombo, coordenador do programa.

Nesta quinta-feira (11), o Ministério da Saúde anunciou a redução da idade mínima para pacientes que necessitam de cirurgia bariátricado procedimento cirúrgico. Pacientes que apresentam obesidade mórbida e dificuldades para sair de casa podem se cadastrar e tem direito a receber atendimento domiciliar com médicos, psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros.

A cirurgia bariátrica, ou cirurgia de redução de estômago como é conhecida no país, vem possibilitado mais qualidade de vida e saúde a um número cada vez maior de pacientes.

Para se candidatar a uma cirurgia bariátrica no programa do estado, o paciente deve procurar um atendimento ambulatorial mais próximo de casa para que um médico faça uma primeira avaliação se a cirurgia é necessária ou não. Se a operação for indicada, o médico solicita uma segunda avaliação para a Central de Regulação de Cirurgia Bariátrica do Estado, que encaminha o pedido de forma online ao Hospital Estadual Carlos Chagas. O paciente é contatado e tem uma consulta de avaliação marcada.

Fonte: Isaude.net