Geral
08.10.2012

Anvisa proíbe comércio de medicamentos injetáveis que contenham chá verde

Medida foi tomada após a identificação de propagandas na internet de tratamentos estéticos sugerindo uso de produtos

Foto: Dionisvera/Foto Stock
Agência Nacional de Vigilância Sanitária ressaltou que não existe comprovação sobre segurança de formulações subcutâneas contendo chá verde
Agência Nacional de Vigilância Sanitária ressaltou que não existe comprovação sobre segurança de formulações subcutâneas contendo chá verde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a fabricação, a manipulação, a distribuição, o comércio, a divulgação, a administração e o uso de medicamentos injetáveis à base de extratos vegetais como o chá verde. A resolução publicada no Diário Oficial da União passa a valer a partir desta segunda-feira (8).

De acordo com agência regiladora, a medida foi tomada após a identificação de propagandas na internet de tratamentos estéticos para emagrecimento e combate à gorduras localizadas sugerindo o uso de formulações injetáveis contendo chá verde isolado ou associado a outras substâncias.

A Anvisa ressaltou que não há estudos que comprovem a segurança e a eficácia da aplicação de formulações subcutâneas contendo chá verde ou outros extratos vegetais, isolados ou em associação.

Fonte: Isaude.net