Artigo
06.10.2012

Diga não ao paciente no chão!

Clóvis Abrahim Cavalcanti, presidente do SinMed Niterói e Região.

Foto: FENAM
Clóvis Abrahim Cavalcanti, presidente do SinMed Niterói e Região.
Clóvis Abrahim Cavalcanti, presidente do SinMed Niterói e Região.

O nosso sindicato é especial e diferenciado. Lutamos em primeiro lugar por uma verdadeira saúde pública para todos, com equipamentos, medicamentos, mais leitos e verbas bem administradas, para ter-mos plenas condições de trabalho, e por derradeiro, carreira de estado, plano de cargos carreira e salários, concurso público com dignos salários, pela não precarização do trabalho médico, dentre tantas outras justas causas.

Apesar de todas as nossas justas lutas em favor da saúde pública, da medicina, dos médicos, das nossas atividades salvando vidas, mesmo em péssimas condições de trabalho e do respeito da população, existimos de fato, mas não de direito. Inacreditavelmente, até hoje, nossa profissão não foi regulamentada, assim como, o nosso salário que, vergonhosamente, nunca é votado no congresso nacional.

Em 2012 teremos novamente eleição, com as mesmas antigas e mentirosas promessas nunca cumpridas, e mais uma vez seremos lembrados e usados como formadores de opinião e puxadores de votos. A saúde e a educação serão usadas como carro chefe das bandeiras de lutas em favor do povo, que assim como nós, só são lembrados de quatro em quatro anos.

Fala-se muito em direitos humanos. E o dos pacientes sem medicamentos, sem exames, no chão, em cadeiras, em pias, em mesas, em macas nos corredores e em tantos outros lugares, que não o leito?

Sêneca antes de Cristo, já nos alertava que, " cremos mais no que vemos, do que naquilo que nos falam," mas continuamos acreditando no que ouvimos, falsas promessas nunca cumpridas, e se continuamos sendo enganados, apesar dos conhecimentos das mentiras anteriores, devemos acordar.

Aproveito para lembrar que, devemos escolher candidatos que realmente estejam comprometidos com a dignidade do povo.

Fonte: Isaude.net