Geral
27.09.2012

INCA começa a utilizar novo aparelho para detectar câncer de pele

Com maior precisão para diagnóstico de "manchas ou pintas", microscópio aumenta a visualização de uma amostra de 20 a 70 vezes

Foto: FotoFinder Press Section
Aparelho FotoFinder permite ao examinador determinar diagnóstico de
Aparelho FotoFinder permite ao examinador determinar diagnóstico de "manchas ou pintas" através de uma câmara e um microscópio

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) acaba de adquirir um novo equipamento que auxiliará nos exames dos pacientes com suspeita de câncer de pele, principalmente os tipos mais perigosos como o melanoma e o não-melanoma. Trata-se do Fotofinder e já começou a ser utilizado pelo INCA este mês.

O exame com o equipamento, conhecido como dermastocopia digital, é uma técnica que permite ao examinador determinar com maior precisão o diagnóstico de " manchas ou pintas" através de uma câmara e um microscópio que aumentam a visualização de uma amostra de 20 a 70 vezes. Além dessas informações em tempo real, é possível registrar o local do exame fotograficamente, permitindo comparações futuras de algumas alterações da lesão examinada e/ou surgimento de outras.

Segundo o chefe da Seção de Dermatologia do INCA, Dolival de Lobão Veras Filho, " o equipamento permite facilitar o diagnóstico de inúmeras lesões cutâneas. Com isso podemos focar diretamente nas lesões com maior grau de suspeição de melanoma e/ou não-melanoma e outras neoplasias. O diagnóstico sempre foi clínico/histopatológico. Hoje contamos com a dermatoscopia como uma importante ferramenta" .

O médico informa ainda que, no Rio de Janeiro, somente o Hospital de Bonsucesso e mais recentemente a Universidade Federal Fluminense possuíam o equipamento. O aparelho completo custa em torno de RS 110 mil.

O equipamento já está em uso no Ambulatório de Dermatologia do Hospital do Câncer I. Atualmente são feitos seis atendimentos por turno. A dermatoscopia digital, além de fornecer maior precisão de imagem, permite a análise comparativa futura de alguma evolução das " pintas" ou o surgimento de novas, pois as imagens podem ser armazenadas.

Fonte: Isaude.net