Geral
22.09.2012

Praticar 40 minutos diários de exercício reduz risco de diabetes em crianças

Pesquisa realizada nos EUA revela que abordagem é eficaz também na redução da gordura corporal total das crianças

Foto: Phill Jones/Georgia Health
Dra. Catherine Davis, envolvida no estudo
Dra. Catherine Davis, envolvida no estudo

Cientistas da Georgia Health Sciences University, nos EUA, descobriram que 40 minutos de atividade física vigorosa por dia pode reduzir o risco de diabetes em crianças em idade escolar.

A pesquisa revela que a prática de 40 minutos diários é mais eficaz do que 20 minutos na redução da gordura corporal total das crianças.

"Esta pesquisa acrescenta evidências de que a atividade física melhora a saúde das crianças, que os períodos mais longos de exercício proporcionam maior benefício e que o aumento da atividade física entre as crianças com sobrepeso e obesidade poderia afastar o aparecimento da diabetes tipo 2", afirma o pesquisador Michael Lauer.

Os pesquisadores analisaram 222 crianças com sobrepeso e inativas entre 7 e 11 anos de idade.

Um terço dos participantes do estudo manteve seu estilo de vida tipicamente sedentário, um terço começou a praticar 20 minutos de atividade por dia durante três meses e outro terço se exercitou durante 40 minutos após a escola todos os dias.

Embora o foco principal fosse a resistência à insulina, um fator de risco para o diabetes, os pesquisadores também mediram a gordura corporal total, e a gordura visceral durante o andamento do estudo.

As crianças que se exercitaram por 40 minutos tiveram uma redução de 22% na resistência à insulina em comparação com os controles, enquanto o grupo de 20 minutos apresentou redução de 18%.

Quarenta minutos de exercício também ajudou as crianças a perder mais gordura corporal total e visceral. Os benefícios foram obtidos sem dietas restritivas e independente da etnia.

A líder da pesquisa Catherine Davis espera que os resultados possam levar a intervenções de saúde pública para impedir a crescente epidemia de obesidade.

Fonte: Isaude.net