Saúde Pública
18.09.2012

Vírus ebola contamina mais de 40 pessoas na República Democrática do Congo

Segundo a OMS, já foram contabilizadas 19 mortes pela doença no país africano; outros 26 casos estão sendo investigados

Foto: UN Photo/Sylvain Liechti
População congolesa fugindo dos conflitos entre exército e o movimento rebelde M23
População congolesa fugindo dos conflitos entre exército e o movimento rebelde M23

A Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou 46 casos de ebola na República Democrática do Congo. Segundo informou a agência nesta terça-feira (18), 19 pessoas já morreram devido ao surto da febre hemorrágica no país africano.

A OMS informa ainda que outros 26 casos estão sendo investigados. O Ministério da Saúde e parceiros tentam identificar as possíveis cadeias de transmissão da doença.

Com o apoio da OMS e do Unicef, entre outros, o governo trabalha também para interromper a contaminação do ebola e conter o surto.

As Nações Unidas também lançaram nesta terça-feira um apelo para angariar US$ 40 milhões para o Congo, mais de R$ 80 milhões. A verba servirá para o auxílio a quase meio milhão de deslocados no leste do país e nas nações vizinhas.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur) informou que desde abril 'os congoleses sofrem com os conflitos entre o exército e o movimento rebelde M23. Com os confrontos, milhares fugiram para Ruanda e Uganda.

Com informações da ONU

Fonte: Isaude.net