Geral
12.09.2012

Ministério envia vacinas na tentativa de conter surto de meningite no Maranhão

Equipe técnica de vigilância investiga casos de meningite em cinco municípios da região sul do estado

Foto: Divulgação/SES
Helicóptero de resgate do Grupo Tático Aéreo (GTA) ao Sul do Maranhão para ajudar no enfrentamento a meningite
Helicóptero de resgate do Grupo Tático Aéreo (GTA) ao Sul do Maranhão para ajudar no enfrentamento a meningite

O Ministério da Saúde enviou 22 mil doses de vacina contra a meningite A e C ao Maranhão na tentativa de conter o surto da doença no estado. O último balanço da Secretaria de Saúde aponta 34 notificações de meningite C, sendo nove casos confirmados, além de cinco mortes.

De acordo com o ministério, uma equipe técnica de vigilância já está no Maranhão e investiga casos de meningite em cinco municípios da região sul do estado - Sambaíba, Loreto, São Raimundo das Mangabeiras, Balsas e Feira Nova do Maranhão.

A orientação é que pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas ou vivem em áreas de surto sejam medicadas com antibiótico rifampicina. A indicação é que o uso seja feito logo nas primeiras 48 horas. O governo do Maranhão, segundo o ministério, tem estoque suficiente do medicamento para atender à população do estado.

" Essas ações são a forma eficaz de evitar a propagação de novos casos entre pessoas que tiveram esse contato próximo ao paciente infectado impedido a expansão do surto" , informou a pasta, por meio de nota.

Ontem (11), um helicóptero de resgate do Grupo Tático Aéreo chegou ao município de Barsas para auxiliar nas ações de enfrentamento à meningite. A aeronave, equipada com uma miniunidade de terapia intensiva fará o transporte de pacientes com quadro clínico que exija remoção imediata e seguirá para a cidade de Imperatriz.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL