Geral
12.09.2012

Estado de São Paulo registra 30 crianças vítimas de escorpiões por dia

Somente em 2011 foram somadas 40 mortes de crianças entre 11 mil casos de picadas; letalidade 220% maior que em adultos

Foto: Instituto Butantan
Em 2011 foram registrados 11 mil casos de picadas de escorpião em São Paulo
Em 2011 foram registrados 11 mil casos de picadas de escorpião em São Paulo

Levantamento realizado pelo Instituto Butantan, por intermédio do Hospital Vital Brazil, apontou que no ano de 2011, as crianças foram vítimas de aproximadamente 11 mil acidentes com escorpiões no Estado de São Paulo.

Desse total, foram registrados 40 óbitos de crianças, letalidade 220% maior que a registrada em adultos, com 51 mortes em 46 mil casos. Isso ocorre porque as crianças são mais suscetíveis a lesões mais graves e a ação do veneno do animal.

Para evitar os acidentes, alguns cuidados básicos devem ser adotados, como manter limpos quintais, jardins e terrenos baldios, não acumulando entulho e lixo doméstico (veja mais dicas de prevenção abaixo).

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, em caso de acidentes, a primeira medida que deve ser adotada é realizar compressas de água morna sobre a picada. Isso pode aliviar a dor até a chegada ao serviço de saúde mais próximo. Outro alerta é não usar gelo, água gelada ou álcool, pois podem piorar a dor.

"É fundamental que as pessoas procurem o hospital mais próximo de sua residência. Isso garantirá diagnóstico e tratamento mais eficaz" , relata o diretor-médico do Hospital Vital Brazil, Carlos Medeiros.

O Hospital Vital Brazil disponibiliza o telefone (11) 2627-9528 de orientação em casos de emergência e acidentes com animais peçonhentos. O serviço funciona 24 horas por dia e orienta a população sobre o local mais próximo para atendimento.

Fonte: Isaude.net