Profissão Saúde
05.09.2012

Outubro será mês de paralisação de médicos que atendem planos de saúde

Após balanço das negociações em cada estado, foi decidido a paralisação do atendimento eletivo a partir de 10 de outubro

Lideranças das entidades médicas nacionais Associação Médica Brasileira, Conselho Federal de Medicina e Federação Nacional dos Médicos reuniram-se em Brasília com presidentes e diretores de diversas Federadas, Conselhos Regionais e Sindicatos para definir uma data única de manifestação contra os planos de saúde em todo o país.

Após balanço das negociações em cada estado, foi decidido paralisar o atendimento eletivo a partir de 10 de outubro próximo, em mais de um dia de protesto, de preferência elegendo algumas operadoras que tenham se mostrado mais resistentes ao diálogo com os médicos. Contudo, ficou a cargo de cada estado definir os detalhes de sua estratégia de acordo com as realidades locais.

Haverá uma identidade visual única para as ações de outubro, com mensagens previamente definidas. No dia 9 de outubro, as entidades médicas nacionais organizarão entrevista coletiva à imprensa para divulgar o lançamento do protesto em todo o Brasil.

Em São Paulo, está programada uma passeata para esta quarta-feira, 5 de setembro, e suspensão do atendimento a todos os planos amanhã, dia 6. As ações de outubro serão discutidas na sequência.

Fonte: Isaude.net