Saúde Pública
22.08.2012

Serra Leoa registra 203 mortes por cólera e OMS pede reforço contra epidemia

País entrou em Estado de Emergência devido ao surto e formou uma equipe especial para lidar com a crise

Pelo menos 203 pessoas morreram devido a um surto de cólera em Serra Leoa, país localizado na África Ocidental, segundo informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) em nota publicada nesta terça-feira (21). A agência indica que mais de 11 mil casos foram registrados nos 10 dos 13 distritos do país. O presidente do país africano, Ernest Bai Koroma, declarou Estado de Emergência nacional devido ao surto e formou uma equipe especial para lidar com a crise.

A OMS pede esforços adicionais para barrar novos casos da doença. A estação chuvosa, que vai de março a outubro, é apontada como uma das causas do surto. A doença é endêmica no país com cerca de 4 milhões de habitantes.

Ainda segundo a organização, as ações sugeridas incluem a intensificação das medidas de resposta como a distribuição de água potável e de serviços de saneamento.

De acordo com a agência, foram enviados dois epidemiologistas e três especialistas em cólera do Zimbábue para que, além de controlar as infecções, possam apoiar as ações de coordenação, informação, mobilização e gestão de casos. A abordagem multissetorial do governo para responder à cólera envolve vários ministérios e outros parceiros.

Com informações da ONU

Fonte: Isaude.net