Geral
20.08.2012

Anestesia geral antes dos 3 anos pode causar problemas de aprendizagem

Mesmo uma única exposição cedo na vida foi associada a um risco maior de dificuldades de linguagem e raciocínio

Crianças com menos de 3 anos que passam por procedimentos cirúrgicos que requerem anestesia geral podem ser mais propensas a problemas emocionais aos 10 anos de idade, de acordo com estudo realizado na University of Western Australia.

A pesquisa sugere que crianças expostas à anestesia muito cedo na vida apresentaram mais dificuldade de aprendizagem e raciocínio.

A equipe de pesquisa realizou testes neuropsicológicos com mais de 2.600 crianças, um pouco mais de 300 tinham sido expostas a anestesia antes dos três anos e quase 2.300 não haviam passado por cirurgias que requeriam anestesia.

Os testes mediram linguagem, função cognitiva, habilidades motoras e comportamento aos 10 anos.

"As crianças que foram expostas à anestesia apresentaram pontuações menores em linguagem e raciocínio abstrato aos 10 anos. Mesmo uma única exposição foi associada a um risco aumentado de tais déficits", afirma o autor do estudo, Caleb Ing.

Pesquisas anteriores em ratos mostraram que a anestesia interfere com o desenvolvimento do cérebro, mas, segundo os pesquisadores, é muito cedo para dizer se o mesmo ocorre com o cérebro das crianças.

"Muitos pais têm com medo quando a criança precisa de cirurgia, mas os resultados deste estudo não são razão para atrasar potencialmente procedimentos cirúrgicos ou de diagnóstico que podem salvar a vida das crianças", observa Ing.

A equipe ressalta que o estudo ainda deixa muitas perguntas sem resposta e que mais pesquisas são necessárias para avaliar o efeito da anestesia sobre o cérebro das crianças.

Fonte: Isaude.net