Geral
18.08.2012

Nova tecnologia permite estudo de moléculas individuais em 3D

Método possibilita estudo da adesão entre diferentes células e avaliação daquelas envolvidas em doenças por meio do microscópio

Foto: Bob Elbert/Iowa State University
Sanjeevi Sivasankar, envolvio no estudo
Sanjeevi Sivasankar, envolvio no estudo

Cientistas da Iowa State University, nos Estados Unidos, criaram um novo microscópio para estudar moléculas biológicas.

A tecnologia permite que os pesquisadores façam medições em 3D de moléculas individuais com exatidão e precisão sem precedentes. A ferramenta pode ser útil para os pesquisadores e médicos que precisam retirar dados de alta resolução de microscópios.

Tecnologias existentes permitem aos pesquisadores medir moléculas individuais sobre os eixos x e y em 2D. A nova tecnologia permite que os pesquisadores façam medições de altura até os nanômetros sem superfícies especiais para as amostras.

"Este é um tipo completamente novo de medição que pode ser usado para determinar o tamanho de moléculas. Podemos detectar a altura da molécula com uma precisão nanométrica inédita", afirma o pesquisador Sanjeevi Sivasankar.

Segundo os pesquisadores, a tecnologia, que recebeu o nome de Standing Wave Axial Nanometry (SWAN), vai permitir aprender como as células biológicas aderem umas às outras e desenvolver novas ferramentas para o estudo de células envolvidas em várias doenças.

Sivasankar acredita que a tecnologia tem potencial comercial e está confiante de que vai avançar o seu próprio trabalho em biofísica única molécula.

Fonte: Isaude.net