Geral
10.08.2012

Paraná destina R$ 168 milhões para ampliar atendimento à saúde bucal

Recursos serão reforçados com mais R$ 3,9 milhões para o custeio dos Centros de Especialidades Odontológicas

Foto: SES/PR
Entrevista coletiva por videoconferência para o Estado do Paraná
Entrevista coletiva por videoconferência para o Estado do Paraná

O Paraná deve receber, até 2014, R$ 164,4 milhões a serem empregados no custeio do trabalho das Equipes de Saúde Bucal (ESB), vinculadas às unidades básicas de saúde, e para garantir o funcionamento dos Centros de Especialidades Odontológicas (Ceos). O anúncio foi feito nesta quinta-feira (9) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Os recursos serão reforçados com mais R$ 3,9 milhões que o governo do estado vai investir, também até 2014, no custeio dos Centros de Especialidades Odontológicas (Ceos), diagnóstico e prevenção de doenças da boca, inclusive o câncer, e ampliação do programa de bochechos com flúor para escolares, que previne a ocorrência de cáries. O Paraná conta com 1.194 Equipes de Saúde Bucal, 47 Ceos e 50 laboratórios de próteses dentárias.

O governo federal também vai doar 10 consultórios odontológicos, uma Unidade Odontológica Móvel e novos equipamentos para o Laboratório de Prótese Dentária do município de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro do Paraná. Os equipamentos fazem parte de um conjunto de mil unidades móveis odontológicas que o Ministério da Saúde está distribuindo para municípios ligados ao programa Brasil sem Miséria. São municípios com grande número de pessoas em áreas rurais ou que tenham populações vulneráveis, como indígenas e quilombolas.

Fonte: Isaude.net