Geral
02.08.2012

ES vai rastrear casos de tracoma nos municípios do Sul do estado

Também será oferecido tratamento para os casos diagnosticados. Doença é segunda maior causa de cegueira evitável no mundo

A Secretaria de Saúde do Espírito Santo vai rastrear tracoma em nove municípios do Sul do estado. Doença é considerada a segunda maior causa de cegueira evitável no mundo. A iniciativa será realizada com base em um estudo feito pelo Ministério da Saúde (MS) que indicou os lugares com maior incidência de casos na população.

Os trabalhos vão incluir as atividades de eliminação do tracoma no programa de atenção básica de Mimoso do Sul, Jerônimo Monteiro, Atílio Vivácqua, Guaçuí, Itapemirim, Irupi, Rio Novo do Sul, Vargem Alta e Iúna.

No próximo dia 27 de agosto será promovido uma palestra para capacitar representantes dos nove municípios citados acima no município de Cachoeiro de Itapemirim. A programação inclui ainda uma ação de campo que terá início no dia 28 de agosto em Jerônimo Monteiro, mas que depois percorrerá as demais oito localidades.

" Nas capacitações vamos explicar mais sobre a doença e diferenciar seus tipos de manifestação. Depois vamos para a parte prática, realizando uma busca ativa em alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental nesses municípios" , explica a referência técnica regional do Programa Estadual de Tracoma da Sesa, Gabriela de Jesus Paula.

Durante as ações, técnicos da Sesa vão capacitar médicos, enfermeiros e técnicos da vigilância epidemiológica dos municípios no exame de inversão da pálpebra superior, método por meio do qual é possível descobrir indício do tracoma. Caso alguém seja identificado, o tratamento já poderá ser iniciado.

Fonte: Isaude.net