Geral
31.07.2012

Minas inaugura Centro de Tecnologia para deficientes físicos

Parceria com o Inatel vai possibilitar o desenvolvimento de equipamentos para atender pessoas com diferentes tipos de deficiência

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) de Minas Gerais inaugura nesta quarta-feira (1º), Santa Rita do Sapucaí, no Sul do estado, o Centro de Transferência de Tecnologia Assistiva (CDTTA), que vai produzir instrumentos tecnológicos para portadores de deficiência física. O centro é resultado de parceria com a área de engenharia biomédica do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), e vai receber investimentos de R$ 1,2 milhão.

A iniciativa integra um conjunto de ações do programa Rede Mineira de Tecnologia Assistiva, voltado para o atendimento de um universo de cerca de 2,6 milhões de deficientes existentes no Estado, de acordo com avaliações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Um dos principais projetos desenvolvidos é o elevador ortostático, um novo tratamento através da reeducação da marcha para pessoas com lesão na medula, basicamente para pacientes com tetraplegia e paraplegia. Os efeitos práticos do elevador são: aquisição de independência para atividades rotineiras como tomar banho, higiene pessoal e a transição da cadeira para outros locais.

O Centro desenvolve também a cadeira de rodas micro controlada com "joystick" (controlador de vídeo game). Segundo os engenheiros do Inatel, ela tem um diferencial em relação a algumas marcas existentes no mercado. Além do custo reduzido, ela possui comando de voz, design mais confortável, além de maior potência, o que lhe permite percorrer longas distâncias com economia de energia.

Além disso, há também o telefone móvel, que por meio de um aplicativo, vai possibilitar à pessoa com surdez ter condições de comunicar-se com setores de emergência como polícia, bombeiros e sistemas de saúde.

Fonte: Isaude.net