Saúde Pública
26.07.2012

Região Sul registra 144 mortes pelo vírus Influenza H1N1 em 2012

De acordo com o Ministério da Saúde, é possível afirmar que o pico da doença este ano teria sido ultrapassado

A Região Sul do país registrou 144 mortes pelo vírus Influenza H1N1 este ano. Nesta quinta-feira (26), mais dez mortes nove delas ocorridas antes do último dia 19 foram confirmadas, pela Secretaria de Saúde de Santa Catarina. A décima morte aconteceu no dia 23. Outra morte foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul. De acordo com o Ministério da Saúde, é possível afirmar que o pico da doença este ano teria sido ultrapassado.

Essas 11 mortes não estão contabilizadas no balanço do Ministério da Saúde divulgado ontem, que contém dados das secretarias estaduais de Saúde até dia 21 e que contabilizava 210 óbitos em todo o país.

Das 144 mortes registradas em 2012 na região, 72 ocorreram em Santa Catarina, 47 no Rio Grande do Sul e 25 no Paraná, que divulgará novo boletim na segunda-feira (30).

Em todo o país, de janeiro até o último dia 21 de julho, houve 210 mortes causadas pela Influenza A (H1N1) gripe suína. Esse número corresponde a 10,2% do registrado em 2009, quando 2.060 pessoas morreram no Brasil em razão da doença.

Na Região Sul, as 144 mortes deste ano equivalem a 18,2% do total das 789 verificadas em 2009. O fim da pandemia foi decretado em agosto de 2010 pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com informações da Agência Brasil

Fonte: Isaude.net