Profissão Saúde
17.07.2012

Ciência médica é transformada em arte para financiar pesquisas

"Arte científica" reúne imagens feitas por pesquisadores e evidencia a beleza plástica das "artes" médicas

Imagem - Charlotte Mistretta/University of Michigan
Obra de nome a Ponta da Língua. Imagem representa como o sentido do paladar é essencial para identificar os nutrientes que o corpo necessita
Obra de nome a Ponta da Língua. Imagem representa como o sentido do paladar é essencial para identificar os nutrientes que o corpo necessita

Com objetivo de levantar fundos para financiar pesquisas, um grupo de cientistas da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, decidiu transformar ciência em arte. A " arte científica" ou BioArtography, como está sendo chamada a iniciativa, reúne imagens feitas por pesquisadores da instituição que evidenciam a beleza plástica das " artes" médicas.

Nesta semana (entre os dias 18 e 21), os trabalhos estarão expostos no tradicional evento destinado às artes plásticas Ann Arbor Art Fairs, que anualmente reúne cerca de 500 mil pessoas. Por lá, a BioArtography será vendida como arte decorativa.

"Uma grande vantagem é que essa exposição acaba por nos dar um alcance maior para falarmos ao público sobre ciência e as carreiras científicas, e até mesmo algumas controvérsias na ciência, como as células-tronco e o uso de animais", diz uma das idealizadoras do projeto Deborah Gumucio. " O programa acabou por ser muito mais do que uma maneira de levantar dinheiro. Ele ajuda a educar a comunidade" .

A pesquisadora ao lado da colega Sue O-u'Shea, iniciou o BioArtography em 2006, quando buscavam uma forma de levantar fundos para viabilizar viagens de alunos de graduação e estagiários para participação de congressos em todo os Estados Unidos. " Percebemos que essas imagens científicas eram arte e poderiam ser usadas como forma de angariar fundos" , afirmam. No ano passado, a iniciativa arrecadou US$ 4 mil e foi capaz de auxiliar oito jovens cientistas.

Todas escolas e departamentos da Universidade de Michigan apresentaram seus trabalhos. As contribuições não são apenas de professores e funcionários, mas também de alunos, tanto de graduação, quanto de pós-graduação. Em 2012, foram reunidos 80 trabalhos, sendo que 25 foram escolhidos para a Ann Arbor Art Fairs. As réplicas emolduradas variam em tamanho de 5x7 polegadas (aprox.12x17 centímetros) a 16x20 polegadas (aprox. 40x50 centímetros), e os preços variam de US$ 45 (R$90) a US$ 225 (R$450).

Bioartography

Assista aqui vídeo relacionado à matéria.

Fonte: Isaude.net