Geral
13.07.2012

Comitê gestor conhece projeto de unidade da Fiocruz no Ceará

Polo tecnológico de saúde está orçado em R$ 140 milhões, e pretende gerar desenvolvimento farmacêutico no estado

A maquete da unidade da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) no Ceará foi apresentada, nesta semana, ao Comitê Gestor do Polo Industrial e Tecnológico da Saúde (PITS), que será implantado no município de Eusébio, na região metropolitana de Fortaleza. O projeto prevê 30 mil m² de área construída, entre prédios de gestão, ensino e pesquisa. A unidade está orçada em R$ 140 milhões em obras e equipamentos.

A implantação do Polo Industrial e Tecnológico da Saúde (PITS) tem como objetivos principais desenvolver o setor farmacêutico do Ceará, promover a integração entre academia e indústria e fomentar a sinergia entre as indústrias que formam o polo.

"A Fiocruz não trará avanços somente na área da saúde - vai contribuir com a geração de renda e de centenas de empregos no Ceará", disse o secretário da Saúde do Estado, Arruda Bastos, que é membro do Comitê Gestor, ao lembrar que a consolidação do Polo Industrial e Tecnológico da Saúde começou com o processo de negociação para implantação da unidade da Fiocruz no Ceará, iniciado em 2007.

A ideia é licitar as obras de infraestrutura até setembro deste ano para abertura do canteiro em janeiro de 2013. O projeto executivo deve ficar pronto em dezembro, com início das obras no início do segundo semestre do próximo ano. Com prazo de construção de 24 meses, a unidade da Fiocruz estará concluída em meados de 2015.

Fonte: Isaude.net