Geral
30.06.2012

Barriga de aluguel britânica anuncia aposentadoria após 21 anos de "profissão"

Jill Hawkins (47) decidiu se aposentar após quase morrer durante última gravidez. Ela recebia cerca de R$ 38 mil em cada gestação

Foto: Divulgação/Genius Pregnancy
Jill Hawkins deu à luz a dez bebês para outros casais
Jill Hawkins deu à luz a dez bebês para outros casais

Britânica que deu à luz a dez filhos para outros casais decide se aposentar após 21 anos de "profissão". A mãe de aluguel mais profílica do Reino Unido, Jill Hawkins, de 47 anos, anunciou que iria interromper suas atividades após quase morrer durante a última gravidez.

Depois de perder quatro litros de sangue, Jill deu à luz aos gêmeos Jacob e William em uma cesariana de emergência. As crianças nasceram oito semanas antes da data prevista, com respectivamente 1,95 e 1,67 quilo. Agora os gêmeos estão na incubadora na unidade de tratamento intensivo (UTI).

"É hora de outra mulher assumir a função. Eu não posso arriscar a vida dos bebês, assim como minha própria vida. Já é ruim o bastante eu ter dado à luz a dois bebês prematuros", diz a mãe de aluguel.

De acordo com informações publicadas no Daily Mail, os gêmeos foram gerados a partir de embriões congelados produzidos por um professor de 42 anos de idade e sua esposa de 40 anos. O casal tem uma filha de dez anos que nasceu naturalmente, mas o casal se tornou incapaz de ter mais filhos.

Durantes os primeiros estágios de gravidez, Jill não apresentou problemas de saúde. No entanto, na 20ª semana os médicos descobriram que ela estava sofrendo do tipo mais grave da placenta prévia. Cinco semanas depois, ela começou a perder sangue e foi levado ao hospital. Três semanas depois os médicos decidiram fazer uma cesariana de emergência.

Jill teve o primeiro bebê de aluguel em 1991, aos 26 anos, mas não tem nenhum filho próprio.

A mulher recebia a quantia de 12 mil libras (R$ 37,8 mil) durante cada gestação.

Fonte: Isaude.net