Saúde Pública
29.06.2012

Rondônia vai imunizar mais de três mil presos da capital contra o H1N1

Vacinação será executada por técnicos capacitados da secretaria de Segurança de Segurança e Defesa da Cidadania

A secretaria municipal de Saúde de Porto Velho (RO) vai vacinar os detentos dos presídios da capital no período de 3 a 26 de julho contra a gripe A (H1N1) e outras infecções. Segundo a coordenadora do departamento de Imunização, Luzanira da Costa, a vacinação será executada por técnicos capacitados da secretaria de Segurança de Segurança e Defesa da Cidadania. " Vamos enviar a vacina para a imunização de cerca de 3.500 presos da capital, sendo nos presídios masculino e feminino, prevenindo contra a Hepatite B, Influenza H1N1, Tétano, Febre amarela e Tríplice viral" , explicou Luzanira.

De acordo com o calendário da secretaria, o presídio Dr. José Mario Alves, será o primeiro a realizar a imunização, em seguida o Ênio Pinheiro, Edvan Mariano Rosendo, Presídio Médio Porte, presídio do distrito do Vale do Guaporé, Colônia Agrícola Penal I e II e finalizando as vacinas no dia 26 no presídio provisório feminino.

Este ano a campanha nacional de imunização contra a gripe incluiu, pela primeira vez, a população que vive em penitenciárias. Segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, " trata-se de um grupo com alta prevalência e risco mais elevado de ter várias doenças respiratórias. Ao proteger esse grupo, também estamos protegendo o conjunto da sociedade, pois bloqueamos uma cadeia de transmissão da gripe para quem visita esse grupo, para os familiares dos funcionários das penitenciárias, quem possa ter contato com um trabalhador ou com um visitante."

Fonte: Isaude.net