Geral
29.06.2012

Coca-Cola e Pepsi contêm vestígios de álcool, revela pesquisa

Quantidade mínima de substância alcoólica pode ser produzida durante processo de fermentação dos refrigerantes à base de cola

Foto: Divulgação/Pepsi
Mais da metade das principais marcas de refrigerantes do tipo cola contêm vestígios de álcool
Mais da metade das principais marcas de refrigerantes do tipo cola contêm vestígios de álcool

Estudo realizado na França revela que mais da metade das principais marcas de refrigerantes do tipo cola contêm vestígios de álcool.

Segundo informações do Daily Mail, pesquisadores do Instituto Nacional do Consumo (INC), em Paris afirmam ter encontrado baixos níveis da substância (cerca de 10mg por cada litro) na Coca-Cola, que é de aproximadamente 0,001% de álcool por litro e na Pepsi.

As marcas que acusaram a presença de álcool foram Pepsi Cola, Coca-Cola Light Clássica e Coca-Cola Zero. Em contraste, as marcar mais baratas de refrigerantes à base de cola não continham álcool.

Os resultados foram publicados na última edição da revista francesa, 60 Million Consumers.

A fabricante da Coca-Cola admitiu a possibilidade da presença de álcool. "É possível que pequenas quantidades de álcool venham do processo de produção do refrigerante segundo sua receita secreta", disse o diretor científico da Coca-Cola Michel Pepin, à emissora de televisão nigeriana Channels TV.

Um porta-voz da Pepsi concordou que "alguns refrigerantes podem conter vestígios de álcool por causa dos ingredientes usados, embora a receita da Pepsi não tenha álcool".

A justificativa dada por ambas às empresas é de que, durante a fermentação de determinadas substâncias, são produzidas quantias mínimas de álcool.

Fonte: Isaude.net