Ciência e Tecnologia
20.06.2012

Azeite e óleo de canola aumentam absorção de nutrientes presentes na salada

Estudo mostra que benefícios do consumo de vegetais para a saúde dependem do tipo e da quantidade de molho utilizada

Foto: Stock Xchng
Gorduras monoinsaturadas potencializam absorção de carotenóides, associados à redução do risco de várias doenças crônicas e degenerativas, como câncer, doenças cardiovasculares e degeneração macular
Gorduras monoinsaturadas potencializam absorção de carotenóides, associados à redução do risco de várias doenças crônicas e degenerativas, como câncer, doenças cardiovasculares e degeneração macular

Os benefícios do consumo de vegetais e saladas para a saúde dependem do tipo e da quantidade de molho utilizada. É o que sugerem pesquisadores da Purdue University, nos Estados Unidos. "Se você tem uma salada com um molho sem gordura, há uma redução em calorias, mas você perde alguns dos benefícios dos vegetais", diz o principal líder do estudo Mario Ferruzzi.

No estudo, os pesquisadores deram para voluntários saladas com adição de molhos à base de gordura saturada, monoinsaturadas e poliinsaturadas e fizeram análises sanguíneas para verificar a absorção de carotenóides solúveis em gordura. Esses carotenóides - compostos como a luteína, licopeno, beta-caroteno e zeaxantina - estão associados à redução do risco de várias doenças crônicas e degenerativas, como câncer, doenças cardiovasculares e degeneração macular.

Resultados foram publicados na Molecular Nutrition & Food Research.

Purdueagriculture

Os pesquisadores descobriram que pequenas quantidades de molhos ricos em gorduras monoinsaturadas levam a uma grande absorção de carotenóides, enquanto molhos à base de gorduras saturadas e poliinsaturadas precisam ser consumidos em maior quantidade para obter o mesmo benefício.

No teste, 29 pessoas foram alimentadas com saladas temperadas com manteiga como gordura saturada, óleo de canola como gordura monoinsaturada e óleo de milho como uma gordura poliinsaturada. Cada salada foi servida, respectivamente, com 3 gramas, 8 gramas ou 20 gramas de gordura do molho.

O óleo de soja rico em gordura poliinsaturada foi o mais dependente da dosagem. Quanto mais gordura sobre a salada, mais carotenóides são absorvidos. A gordura saturada da manteiga também foi dependente da dosagem, mas em menor grau.

Já os molhos ricos em gordura insaturada, como o óleo de canola e o azeite de oliva, promoveram absorção equivalente de carotenóides com 3 e 20 gramas de gordura. Os pesquisadores observam que estes molhos são uma boa opção para pessoas que buscam ingerir pequena quantidade de gordura, com otimização da absorção de carotenóides a partir de vegetais frescos.

As conclusões do presente estudo se baseiam em pesquisa da Iowa State University realizada em 2004 que determinou que os carotenóides são mais biodisponíveis - absorvido pelos intestinos - quando combinados com molhos com maiores níveis de gordura, em contraste com versões com baixos índices ou sem adição de gordura.

Fonte: Isaude.net