Geral
23.04.2012

Síndrome rara faz menina de seis anos ter altura anormal para a idade

Sophie Hollins, que sofre da síndrome de Marfan, tem 1,47 metro, altura equivalente a de meninas com 12 anos

Uma menina inglesa de apenas seis anos tem 1,47 metro, altura que seria normal para uma criança com o dobro de sua idade.

Sophie Hollins sofre da síndrome de Marfan, uma condição rara que provoca o crescimento anormal de braços, pernas e dedos.

Segundo informações do Daily Mail, Sophie usa calças feitas para meninas de 11 anos e já consegue comprar sapatos em lojas de adultos. Ela está a um número de calçar tanto quanto a mãe, que mede 1,60 m.

Apesar do alongamento anormal dos membros, o restante do corpo se desenvolve normalmente, e a menina ainda está perdendo seus dentes de leite.

A menina sempre foi maior do que o normal para sua idade. "Ela era muito grande quando nasceu. Nenhuma das roupas que eu havia comprado serviu. Quando ela tinha dois anos, ela já estava usando roupas para quatro anos de idade", conta Lorraine, a mãe da menina.

Síndrome de Marfan provoca a expansão dos tecidos moles conjuntivos do corpo, o que resulta em longos membros e pode causar problemas de saúde.

Aos dois anos, a retina de Sophie começou a separar e ela se submeteu a cirurgia corretiva. O tecido mole ao redor seu coração também está em risco de expansão e a menina toma medicação para controlar sua expansão.

Lorraine afirma que tenta proteger a filha, pois a maioria das pessoas age como se Sophie fosse mais velha. "Eu tenho que levar a certidão de nascimento dela para lugares como parques temáticos para provar que ela tem menos de 11 anos e tem direito a pagar meia entrada", conta a mãe.

Síndrome de Marfan

A síndrome afeta 1 em cada 5 a 10 mil pessoas e é causada por mutações no gene Fibrillin1.

No geral, 60% dos pacientes têm deslocamento ocular que precisa ser monitorado.

A expectativa de vida costumava ser em torno de 40 anos, mas os pacientes podem agora levar uma vida o mais próximo do normal.

Em dois terços dos casos, a doença é hereditária, o outro terço é pensado para ser espontâneo.

Fonte: Isaude.net