Geral
19.12.2011

Sesau discute implantação de rede para promover saúde nas escolas de Alagoas

Instituições, unidades de ensino e órgãos governamentais estão unindo forças e buscando parceiros para impulsionar o projeto

Foto: ASCOM/SES/AL
Reunião Estratégica de DesenvolvimentoEscolar (REDE) foi detinada a instituições locais, unidades de ensino públicas e privadas e órgãos governamentais
Reunião Estratégica de DesenvolvimentoEscolar (REDE) foi detinada a instituições locais, unidades de ensino públicas e privadas e órgãos governamentais

Com a finalidade de concretizar a rede de promoção da saúde nas escolas alagoanas, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) realizou nesta segunda-feira (19) a Reunião Estratégica de Desenvolvimento Escolar (REDE). O evento foi destinado a instituições locais, unidades de ensino públicas e privadas e órgãos governamentais.

De acordo a servidora Mallu Albuquerque, do Núcleo de Escolas Promotoras de Saúde, o objetivo do encontro foi captar parceiros para fortalecer o projeto. " A proposta deve ser iniciada em 2012, com colégios estaduais e municipais de 17 cidades. Precisamos saber como essas entidades podem contribuir para que o projeto seja colocado em prática de maneira efetiva" , explicou.

Durante a reunião, foram apresentadas a construção da rede e o valor para o estado, além do programa de Promoção da Saúde nas Escolas: Tecendo Redes de Promoção. O encontro, que contou ainda com a palestra " A importância da Promoção da Saúde e a Intersetorialidade" e com a exibição de um filme sobre o tema, também serviu para a assinatura de uma carta de adesão.

Presente ao evento, o deputado estadual Judson Cabral ressaltou a importância da união de diversos setores. " Estou aqui como representante do Legislativo, onde presido uma comissão voltada para a saúde e a educação. O tema é muito importante, inclusive pelo elo entre Executivo, Legislativo e sociedade, e temos que tratá-lo de forma interligada" .

Já a assistente social Michele Gama, também integrante do Núcleo de Escolas Promotoras da Sesau, destacou a necessidade do projeto para a melhoria da realidade escolar em Alagoas. " Queremos discutir a situação das escolas alagoanas e definir estratégias para o próximo ano, colocando a proposta em prática e consolidando a rede" , afirmou.

Depois de consolidada, a rede de promoção da saúde - que já vem sendo discutida desde o ano passado - terá reuniões trimestrais e vai tratar de questões como os cuidados com a voz e a precaução de transtornos mentais nos educadores e a prevenção do uso de drogas nas unidades. Outro foco será o trabalho voltado para as crianças com problemas comportamentais.

Segundo o superintendente de Promoção de Cultura de Paz da Secretaria de Estado da Paz, André Carnaúba, o debate dos temas é fundamental para o trabalho que o órgão já vem realizando. " Acreditamos muito que a saúde e a paz possam ser propagadas por meio da educação. Por isso, essa iniciativa deve ser colocada em prática logo" , afirmou ele.

Também estiveram presentes representantes da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE), do Serviço Social do Comércio (Sesc), da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), do Corpo de Bombeiros (CBMAL), do Instituto Jared Viana, da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal), da Pastoral da Criança e das Secretarias Municipais de Educação de Maceió e de Porto de Pedras.

Fonte: Isaude.net