Ciência e Tecnologia
09.08.2011

Chega ao mercado primeiro tratamento específico para picada de escorpiões

Casos mais graves ocorrem com mais frequência em lactantes e crianças; se não for tratada, a picada pode ser fatal

Foto: FDA
Análise clínica e liberação do Anascorp foram feitas pela Food and Drug Administration
Análise clínica e liberação do Anascorp foram feitas pela Food and Drug Administration

A Food and Drug Administration (FDA) aprovou o primeiro tratamento específico para picadas de escorpiões venenosos nos Estados Unidos.

Casos mais graves envolvendo picadas ocorrem com mais frequência em lactantes e crianças, podendo causar falta de ar, fluido nos pulmões, problemas de respiração, saliva em excesso, visão turva, problemas de fala, dificuldade de deglutição, movimentos anormais dos olhos, espasmos musculares, dificuldade em andar, e outros movimentos musculares descoordenados. Se o paciente não for tratado, o acidente pode ser fatal.

"Este produto oferece um novo tratamento para adultos e crianças e é projetado especificamente para picada de escorpião", disse Karen Midthun, diretora do Centro do FDA para Avaliação e Pesquisa Biológica.

O fármaco Anascorp é feito a partir do plasma de cavalos imunizados com veneno de escorpião. Por isso, pode causar reações alérgicas em pessoas sensíveis às proteínas de cavalo. O processo de fabricação inclui medidas para diminuir as chances de reações alérgicas e reduzir o risco de transmissão de vírus que podem estar presentes no plasma.

A eficácia do Anascorp foi baseada nos resultados de um estudo aleatório, controlado por placebo, com a participação de 15 crianças com sinais neurológicos de picadas de escorpião. Estes sinais foram resolvidos em quatro horas de tratamento nos oito indivíduos que receberam Anascorp, mas em apenas um dos sete participantes que receberam o placebo. Os efeitos colaterais mais comuns foram vômitos, febre, erupção cutânea, náusea, coceira, dor de cabeça, coriza e dores musculares.

Fonte: Isaude.net