Saúde Pública
17.06.2011

Acordo permite construção e funcionamento do Hospital da Criança de Brasília

Investimentos e contrato de gestão compartilhada viabilizam construção de complexo com 21 mil metros quadrados

O Distrito Federal e a Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace) assinaram contrato de gestão para fazer funcionar o Hospital da Criança de Brasília José Alencar. A gestão da unidade será compartilhada. A Secretaria de Saúde vai cuidar da parte médica e a Abrace da administrativa. Está prevista a realização de cerca de 27 mil atendimentos ambulatoriais mensais. O tratamento será exclusivo para crianças e adolescentes que necessitem de quimioterapia, diálise, raios x, exames clínicos e laboratoriais, fisioterapia entre outros.

O estabelecimento será um centro de referência internacional para o tratamento de câncer e outras patologias, com equipamentos que vão exigir o investimento de 5,7 milhões. Entre as medidas a serem tomadas pela Secretaria de Saúde para ocupar as dependências, está a transferência de alguns serviços que já existem na rede para o local. A Unidade de Oncologia Hematológica Pediátrica, que hoje funciona no Hospital de Apoio, será o primeiro a se instalar no hospital.

A previsão é que o bloco I da unidade seja inaugurado em 15 dias. O Hospital da Criança terá um total de 21 mil metros quadrados de área construída, em duas etapas. O bloco I, que já está pronto e tem 7 mil metros quadrados, vai abrigar o atendimento ambulatorial e receberá repasses mensais de 4,4 milhões mensais da Secretaria de Saúde. Serão necessários três meses para a total implantação do serviço e a aquisição de novos equipamentos, além da contratação de servidores.

A construção da segunda etapa do hospital - o bloco II, onde será instalada a internação dos pacientes, está prevista para começar ainda este ano. Para tanto, já estão garantidos 30 milhões da bancada federal do DF para as obras.

Fonte: Isaude.net