Ciência e Tecnologia
16.01.2011

Escrever sobre medos e preocupações pode reduzir ansiedade antes de prova

Pesquisadores demonstraram que estudantes propensos a ansiedade melhoraram suas pontuações escrevendo por cerca de dez minutos

Foto: Arquivo/jbhs.org
Alunos podem diminuir a ansiedade, comum antes de provas, escrevendo sobre suas preocupações alguns minutos antes do exame
Alunos podem diminuir a ansiedade, comum antes de provas, escrevendo sobre suas preocupações alguns minutos antes do exame

Alunos podem diminuir a ansiedade, comum antes de provas, escrevendo sobre suas preocupações alguns minutos antes do exame, concluíram pesquisadores da Universidade de Chicago nos Estados Unidos. Os pesquisadores descobriram que estudantes que estavam propensos a ansiedade melhoraram suas pontuações após redigirem por cerca de dez minutos sobre aquilo que causava medo.

De acordo com o artigo, "escrever sobre o teste aumenta o desempenho no exame em sala de aula". O artigo é baseado em pesquisa suportada pela National Science Foundation.

O exercício da escrita possibilitou aos alunos descarregar suas ansiedades para fazer o teste e, portanto, liberar recursos intelectuais necessários para completar o teste com sucesso - recursos intelectuais, normalmente, ocupados por preocupações sobre o teste, explicou o líder do estudo, Sian Beilock, professor de psicologia na universidade.

Em outra pesquisa, Beilock demonstrou que situações de pressão empobrecem o poder de processamento do cérebro, conhecido como memória de trabalho, importante para muitas atividades cotidianas.

A memória de trabalho é um monte de bloco de rascunho mental que permite às pessoas recuperar e utilizar as informações relativas à tarefa em questão.

"Apesar das pessoas serem frequentemente motivados para desempenhar seu melhor, as situações de pressão pode diminuir o nível de habilidade", disse Beilock.

Colocando a teoria em prática

Outra pesquisa mostrou que a escrita expressiva, em que repetidamente as pessoas escrevem sobre uma experiência traumática ou emocional ao longo de semanas ou vários meses, é uma técnica eficaz para diminuir as preocupações em um indivíduo.

Na atual pesquisa, os estudiosos quiseram determinar se os estudantes poderiam se beneficiar de escrita em sala de aula, para que conseguissem diminuir suas ansiedades e melhorar o seu desempenho.

Os pesquisadores partiram da hipótese de que escrever antes de um grande evento seria suficiente para impulsionar o controle da ansiedade.

Os pesquisadores recrutaram 20 estudantes universitários e aplicaram dois testes curtos de matemática. No primeiro teste, foi pedido aos alunos para fazer o seu melhor. Antes do segundo teste, os pesquisadores criaram uma situação para produzir estresse: disseram que aqueles que realizassem o teste receberiam dinheiro e que outros estudantes dependiam deles como parte de um esforço em equipe. Os estudantes foram informados que seus testes seriam filmados e revistos pelos professores de matemática.

Metade dos alunos receberam então dez minutos para escrever de forma expressiva sobre seus sentimentos sobre o evento (grupo expressivo da escrita) e a outra metade apenas fez o teste (grupo controle).

"O grupo da escrita obteve um desempenho significativamente melhor do que o grupo controle", escrevem os autores.

Exames com estudantes de outras disciplinas foram aplicados para confirmar a hipótese.

Fonte: Isaude.net