Geral
28.06.2009

Corpo de Michael Jackson passa por nova autopsia

A primeira análise não apresentou dados conclusivos sobre causa da parada cardíaca que provocou a morte do cantor

Foto: Divulgação / Wordress
Família pede nova autopsia depois que primeiro exame não apontou causas conclusivas da morte de Michael Jackson
Família pede nova autopsia depois que primeiro exame não apontou causas conclusivas da morte de Michael Jackson

O corpo do rei do pop, Michael Jackson, está passando por nova autopsia, iniciada a pedido da família. O primeiro exame, realizado sexta-feira (26) no instituto de medicina legal de Los Angeles, terminou sem dados conclusivos sobre a causa da morte do cantor.

A primeira autopsia afastou a hipótese de crime e reforça a tese de que a parada cardíaca ocorreu por ingestão excessiva de analgésicos. Os médicos aguardam ainda os laudos dos exames toxicológicos, que podem demorar até seis semanas.

A morte de Michael Jackson marca também o início de uma provável briga judicial para decidir com quem fica a guarda dos três filhos, de 12, 11 e 7 anos. Atualmente eles estão com a babá, Gracie Rwaramba, e com a avó, Catherine.

A enfermeira Debbie Rowe, com quem Michael teve os dois primeiros filhos, já manifestou a intenção de entrar na justiça para conseguir a guarda das crianças. Dois padrinhos também manifestaram interesse em ficar com os três meninos.

Desde que o astro morreu, houve uma explosão na venda de discos do cantor em todo o mundo. Com um patrimônio que inclui metade dos direitos das músicas dos Beatles, avaliados em R$ 1 bilhão. Michael deixou também uma dívida de R$ 500 milhões para os herdeiros. O testamento escrito por ele só deve ser aberto nos próximos dias.

Fonte: Isaude.net