Geral
14.12.2010

Laboratório admite presença de corante no xarope infantil Bisolvon

Nota da companhia diz que a embalagem contém a frase "sem corante" quando, na verdade, poussui corante vermelho

A indústria farmacêutica Boehringer Ingelheim do Brasil reconheceu que houve uma falha de impressão nas embalagens de um lote do xarope pediátrico Bisolvon, distribuído no mercado brasileiro. De acordo com nota da companhia, a embalagem em questão contém a frase " sem corante" quando, na verdade, o xarope tem, entre os ingredientes, um tipo de corante vermelho.

Apesar da informação incorreta, a Boehringer afirmou que o risco à saúde dos usuários "é muito baixo, uma vez que a quantidade de corante presente nas doses recomendadas é pequena, com baixo potencial de provocar reações cutâneas leves, mesmo em pacientes alérgicos" e que, até o momento, " não houve relato de qualquer evento adverso desta natureza" .

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a distribuição, o comércio e o uso, em todo o país, do lote de Bisolvon que apresentou o problema. De acordo com a nota da Boehringer, " a companhia está tomando todas as medidas corretivas para a rápida solução da situação" e informa aos consumidores que está à disposição para prestar esclarecimentos por meio do serviço de teleatendimento, no número 0800 701-6633, ou pelo e-mail carecenter@boehringer-ingelheim.com

Fonte: AGÊNCIA BRASIL