Geral
13.03.2009

Mais da metade dos esportistas nunca fez exame cardiológico

Departamento de cardioesporte do Instituto Dante Pazzanese realiza 3,6 mil atendimentos por ano

Foto: Marco Vieira / Ag Sergipe
Pesquisa do IDP apontou que cerca de 65% dos esportistas nunca fizeram avaliação cardiológica
Pesquisa do IDP apontou que cerca de 65% dos esportistas nunca fizeram avaliação cardiológica

Cerca de 65% dos esportistas que passam pelo departamento de medicina esportiva nunca realizaram exame cardiológico. É o que aponta o levantamento do Instituto Dante Pazzanese, hospital estadual referência em cardiologia.

O departamento de cardioesporte do Dante Pazzanese realiza 3,6 mil atendimentos por ano. "A maioria dos atletas é jovem e nunca sentiu sinal de doença cardiológica, por isso acha que não precisa procurar o cardiologista", argumenta Nabil Ghorayeb, responsável pelo departamento. Segundo ele, o fato de um esportista não passar por acompanhamento cardiológico mais detalhado pode esconder o risco de uma doença fatal.

O levantamento atestou também que cerca de 8% dos pacientes tem pressão alta, risco de infarto e arritmia cardíaca. Nos atletas, o mais comum é a taxa de colesterol alta, que pode causar o entupimento das artérias.

No departamento de medicina esportiva, o principal objetivo é detectar possíveis problemas no coração e preveni-los. O atleta atendido pela equipe médica passa por consultas e exames - teste ergométrico, ecocardiograma, eletrocardiograma, avaliação cardiopulmonar e análises clínicas.

Fonte: SP NOTICIAS